Atualizado em

Arena do Grêmio apoia o mês de conscientização do Autismo

Campanha objetiva difundir informações sobre a condição e reduzir o preconceito e a discriminação

 

Estabelecido há 14 anos, o Dia Mundial de Conscientização do Autismo — celebrado em 2 de abril — tem função importantíssima na difusão de informações sobre a síndrome. Consciente da necessidade de reduzir a discriminação e o preconceito que rodeiam as pessoas afetadas pelo transtorno, a Arena do Grêmio apoia o Mês de Consciência e Entendimento do Autismo.
O autismo se manifesta nos primeiros anos de vida e, mesmo sem que os especialistas vislumbrem possibilidade de reversão integral, terapias e medicamentos proporcionam qualidade de vida para os pacientes e suas famílias. Os transtornos do espectro autista (TEA) se apresentam de formas diferentes em cada caso, mas em comum trazem a dificuldade de comunicação e interação com a sociedade, bem como comportamentos repetitivos.
O diagnóstico é feito por um médico e os autistas passam por uma série de tratamentos e habilitação/reabilitação. As características da síndrome demandam cuidados singulares e acompanhamento ao longo das diferentes fases da vida.
A inclusão de pessoas autistas deve ser uma realidade em escolas e outros espaços e precisa ocorrer sem exclusão ou preconceitos. Assim, para bem acolher, fale de maneira objetiva, busque estabelecer uma relação de confiança, evite ambientes com sons altos e, acima de tudo, respeite os limites do indivíduo.